« Home | Lamento » | A "LEI" DOS TRÊS EFES » | MAIO... METADE JÁ LÁ VAI » | O semanário Expresso traz à estampa mais uma vergo... » | VIGARICES, CRISES E OUTRAS MODAS » | SEMPRE POR UMA BOA CAUSA » | UM CHEIRINHO A REGRESSO » | OH PRA EU AQUI » | CRISIS? WHAT CRISIS? » | TÍTULOS HÁ MUITOS » 

domingo, junho 04, 2006 

HAJA CORAÇÃO

E aí vamos nós a caminho do mundial.
Deixemos para trás as preocupações do quotidiano. Os incêndios estão de volta? Os vencimentos são curtos? Os medicamentos subiram de preço e alguns deixam de ser comparticipados? Os combustíveis chegam a valores brutais?
O que é que tudo isso interessa se vem aí o mundial? Exactamente de hoje a oito dias o nosso orgulho está, em estreia, frente a Angola. Ouve tempos em que muitos cantavam "Angola é nossa".
Pensam que vou ficar aqui a falar do orgulho "tuga" do pontapé na bola? Nada disso!
É evidente que gostaria de saborear um êxito lusitano. Mas há coisas muito mais importantes. Isto é, há coisas importantes.
Mais uma vez o governo faz uma investida contra a função pública. Não tenho espaço para explicar o que vai na cabeça de tão hediondos governantes. Por isso remeto-vos para o que já a imprensa referiu. Mas preparem-se que a barbaridade é estupidamente atroz.
Este governo está a caír em desgraça. Ou melhor, acentua-se o seu estado de falta de habilitações para o exercício das funções.
A lei da paridade já "foi com os porcos". Enquanto José Sócrates, o primeiro, sorria, convencido de que tinha feito uma grande obra, Cavaco Silva, bem aconselhado, claro, vetava a coisa, justificando a preceito, sem grandes alaridos.
Tá-se bem. O povo é sereno e às vezes tem ataques de amnésia.
Luis Represas escreveu, há uns anos, uma canção, linda, em que o refrão dizia... "ai Timor...lalalala. Lembram-se? Pois resolvi espreitar a minha discoteca e re-ouvir a canção. Mantém-se actual. Experimentem o exercício. Ai Timor...
Rocambolesco o que se passou com o transporte dos elementos dos GOE (Grupo de Operações Especiais). Embora se tratasse de um caso sério, fartei-me de rir. Uma vez mais, com a incompetência de quem teria que ser competente.
Avião sai, não sai, não há autorização, os países a serem sobrevoados sem terem recebido qualquer pedido... agora é que é, não, afinal os serviços estão fechados, o senhor X está na casa de banho...
Até que tudo se resolveu, entre o desespero de quem espera e a inépcia militantemente desgraçada.
Maria Flor Pedroso está a ser um êxito no programa "As escolhas de Marcelo". Tal como eu previa aquando da mudança. E todos ganharam com isso.
Uma excelente semana para todos.

Venho deixar um beijinho e dizer que nunca fui a favor das quotas, (outras quotas, cotas, lembras-te?) as mulheres tem direito a um lugar na sociedade por mérito próprio e não por favor ou compadrio. Tenho dito!
Boa semana!
Franky

Ora nem mais Franky

Um beijinho.

Tenho o meu primeiro livro à venda no meu blog. Que tal uma visita?

Caro Alexandre
Passarei por lá, concerteza.
Êxito com o livro.

Esta de postar artigos comtantos assuntos para comentar, dá-nos cabo da mioleira na tentativa de ser sucintos. Mas, aqui vai. Também acho que há coisas mais importantes que o futebol (que deixou de ser desporto para passar a ser negócio). E também concordo que "o povo é sereno e tem ataques de amnésia", talvez devido ao vírus da preguiça mental que anda por aí e até provoca cegueira total. Quanto a M.ª Flor Pedroso, só digo: ela é o máximo.
(e desculpa lá tanto palavreado, mas os teus posts assim o abirgam...). Assina "a regressada", às lides da blogosfera após um a interrupção forçada e agora com ar renovado... vai ver para descobrires quem é!

E com a pressa (estou na hora do almoço) até me engasguei nas palavras... por isso desculpa lá as asneiras, foi sem querer!

Olha quem está de regresso...
Minha amiga, desejo que as coisas andem melhores.
E, quanto ao "ar renovado", é já a seguir.
Ah! Melhor que a Maria Flor Pedroso, só eu. A bem dizer...
Um beijinho.

Olá Olá

Tudo bem por aqui?

Beijo grande pró moço :P

Mafy

Beleza, Mafaldinha.
Bjoca.

Da lei da paridade nem quero emitir opinião, somente deixar claro que a ideia me repugna, daí o ser contra o dia internacional da mulher, pois enquanto houver que assinalar um dia a desigualdade será evidente.
Quanto ao mundial e à ”selecção/ legião estrangeira / mercenários”, lembro só que a Galp, entidade patrocinadora com dinheiros públicos, compra o barril do petróleo a 45 US dólares e vende-nos a gasolina e o gasóleo como se comprasse o barril a 80 dólares.
Por isso os seus administradores auferem ente 22.000 e 45.000 euros mês.
Quanto ao que se passou com o GOE/GNR é típico dos actuais militares burocratas lambe esfíncteres dos políticos, são colocados nas posições que ocupam por escolha e não por mérito.
Fico por aqui…
Um abraço amigo.

Pois vizinho, concordo em absoluto com tudo o que dizes! (Bolas, bolas, podias não falar de tanta coisa ao mesmo tempo!)...

Só não vejo o marcelo... desculpa mas não consigo... abração...

Ah, mas esquecia-me de referir que de tudo o que referes eu destaco... TIMOR! E não é preciso dizer mais nada!

Bem... passei para te ler e, vi que já tinha comentado este texto, mas o comentário desapareceu... é o meu pc a jogar ao gato e ao rato comigo, de certeza...ou será que ele foi ver a bola... isso não, que eu não vou em futebóis...

como disse, passei para te ler... deixo agora um abraço carinhoso e fica bem ;)

Alô, Alô!!! Chamando Repórter!
Que é feito do menino?
Isso é só preguiça?
Beijinhos
Franky

Que é feito do reporter? tudo bem? beijinhos.Lila

Este silêncio está a preocupar-me! Será que alguém sabe alguma coisa do Repórter?

Passei para deixar saudades... beijo...

Beijo grande, do tamanho do mundo para ti António.

Mafy

Um beijo enorme também da amiga Franky, tudo de bom amigo!
Esperamos o teu regresso muito em breve.

Aqui ficam mais umas saudades...

Enviar um comentário

Comentários Alternativos - Haloscan:
|