sábado, agosto 27, 2005 

O GOVERNO DEIXA E EU APROVEITO

Vou de férias e levo o blogue comigo.
Já sei que vão dar pela minha falta.
O regresso, se houver, será bem pior!!!
Hasta la vista... ou talvez não, quem sabe!?!?

Comentários Alternativos - Haloscan:
|




terça-feira, agosto 23, 2005 

MARCELO E VITORINO... VISTOS POR MIM

Chegou a hora de falar sobre os políticos/comentadores. Mais concrectamente sobre dois. Marcelo Rebelo de Sousa (MRS) e António Vitorino (AV). Políticos experientes, conhecedores das entranhas às vezes estranhas da matéria que faz mover quase tudo. Abordar o passado destes dois senhores seria fastidioso, não pelo que valem, sim porque não se justifica, aqui e agora, nem é para isso que os trouxe à cena. Fico-me, exclusivamente, pela MINHA opinião sobre o que rendem e o que valem as suas prestações mediáticas, enquanto comentadores de televisão. Ambos contratados pela RTP, um (MRS) entra-nos em casa aos domingos, o outro (AV) às segundas feiras, os dois depois do telejornal. MRS, com "As escolhas de Marcelo".Escolhas que ao próprio dizem respeito, embora discutíveis, o que é normal em democracia deixam, por isso mesmo, ao espectador, a ideia de que falta sempre qualquer coisa, se não seria melhor falar disto ou daquilo...
AV, com "As notas soltas", remetendo o espectador para o lugar de aluno que nada sabe, fazendo crer que tudo o que diz provém de um génio iluminado.
MRS conversa (?) com Ana Sousa Dias, AV dialoga com Judite de Sousa. Ana, com o seu ar de menina bonita, calma, com alma "PS", bem tenta levar a água ao seu moinho. Marcelo, astuto, conhecedor das regras que um jornalista deve usar para desviar a atenção do seu "opositor", nem pestaneja. Ana tenta, tenta, tenta, mas não consegue nada. Marcelo é um "animal" da política e da televisão. De cariz eminentemente ofensivo (para usar uma linguagem desportiva), Marcelo tem os olhos na baliza, de passe fácil, não dribla muito, joga ao primeiro toque, é objectivo. A ideia, praticamente sempre conseguida, é o golo. E em dois ou três toques chega à baliza e, sem que Ana se aperceba, entra na área e... gooooolllllooooooo!!!
Vitorino, mais tecnicista, atento à veia laranja de Judite, permite algumas intercepções no passe. Joga mais para o lado, com passes para a plateia delirar, finta, complica, finge que remata mas não, passa para trás. O objectivo golo muito raramente é conseguido. Judite defende bem e segura Vitorino no meio campo. O seu jogo é vistoso, pela técnica, mas sem resultados práticos. Não convence.

Marcelo ganha aos pontos. É um prático. Nota-se que é evidente uma tendência de laranjite, por vezes aguda. Quando não gosta particularmente de alguém da sua área política (por exemplo Pedro Santana Lopes) não hesita em "espetar a farpa". Sorri com facilidade mas a seriedade é notória. Muito bom comentador, político exímio. Joga em qualquer campo. É um todo-o-terreno.
Vitorino recolhe-se nos seus conhecimentos europeus e na sua dama rosada, querendo vender a ideia de que tudo o que é côr de rosa é bom. O que não é verdade. Ele sabe-o. Mesmo assim, insiste. Mais político que comentador, o seu sorriso artificial não cai bem. Cheira a faz de conta. Contudo é um homem com muito valor. Noutras áreas. Noutros terrenos.

De qualquer forma não perco, sempre que posso, as escolhas e as notas de um e de outro.
Como nota de rodapé, permitam-me que diga que MRS estava bem melhor nos tempos da TVI. Não por culpa própria. Sim pelo figurino do espaço televisivo que se destingue claramente em desfavor da RTP.
Uma curiosidade. O "acasalamento". Propositado? Talvez. Marcelo, PSD, enfrenta uma jornalista da área socialista. Vitorino, PS, defronta uma social-democrata. Cruzamentos interessantes que se percebem no decorrer das conversas. Ana pouco diz mas quando diz, carimba em tons de rosa. Judite, mais interventiva, aperta o cerco a Vitorino quando lhe dá jeito.
Duas jornalistas diametralmente opostas. Ana está muito melhor noutros géneros. Judite tem a experiência como arma.

Caros amigos, tudo o que ficou para trás é fruto exclusivo do que vejo, oiço e penso. Nenhuma influência, nenhuma, teve interferência.
Caros Marcelo Rebelo de Sousa e António Vitorino, os senhores são duas peças fundamentais no xadrez político deste País onde gente como vós não pode ser desperdiçada.
Uma vénia a ambos e... desculpem qualquer coisinha.
Ana e Judite, sem favor aqui vos deixo um bem haja pelo que têm feito pelo jornalismo. Continuem.
À Judite, recordo os jantares no restaurante "Baba de Camelo" (publicidade à parte).
Ela sabe do que falo. Como o tempo passa...

Boas férias para mim e...
Hasta la Vista.

Comentários Alternativos - Haloscan:
|




domingo, agosto 21, 2005 

ISTO DÓI QUE SE FARTA. MAS É GIRO.

O País continua a arder. Ou seja, continua a ser queimado. Pode ser uma frase especulativa mas nada me convence do contrário. Mão(s) criminosa(s)? Não tenho a mais pequena dúvida.Às onze horas da manhã de hoje, uma hora atrás, 24 fogos estão por cincrunscrever. O mais grave é o de Pampilhosa da Serra.
E há quanto tempo as chamas consomem território português? Há tempo demasiado! Ninguém duvida, pois não?
Mas só agora o governo solicitou ajuda à União Europeia. E assim, a partir deste domingo, teremos em combate às chamas, aviões anfíbios e helicópteros vindos de Espanha.
Foi accionado o Mecanismo Comunitário de Protecção Civil.
Coincidente, a atitude governamental, com o regresso de férias do primeiro ministro. Eu disse coincidente? Pois...
José Sócrates estará, a esta hora, exactamente em Pampilhosa da Serra. Para se inteirar pessoalmente da situação vivida na região.
Não comento. Apenas lamento. Lamento o estado em que o País se encontra. Lamento o estado em que o Estado se (des)encontra. Lamento sermos um povo tão "manso". Alto que já estou a comentar. E não quero.

O Partido Comunista Português mantém em segredo o nome do candidato a Belém. Entenda-se às eleições presidenciais. Fala-se, nos corredores da Soeiro Pereira Gomes, na grande possibilidade desse nome ser lido no feminino. Uma mulher na corrida à presidência? Não é carta fora do baralho.
Por outro lado, o Bloco de Esquerda só apoiará Mário Soares numa hipotética segunda volta. Porque para já vai avançar com candidato próprio.
E lá continuamos com a mania de queimar votos e tempo.
Cavaco Silva e Mário Soares na primeira fila da grelha de partida. Logo atrás Manuel Alegre. Enquanto se aguardam mais nomes por parte de outras forças partidárias.

Falemos de coisas bem mais simpáticas. Cinema, por exemplo.
Estrearam esta sexta feira: A Ilha, Os Irmãos Dalton, Águas Silenciosas e De Tanto Bater O Meu Coração Parou.
Aproveitei o sábado para ver "Mr. e Mrs. Jones". Espectacular! Angelina Jolie, soberba, Bradd Pitt, acima do que é normal. Um casal muito simpático que nos delicia com uma guerra entre marido e mulher que quase os mata. Com um final feliz. Vale a pena ver.
Por falar em Angelina Jolie, soube que esta beleza norte americana vai fazer parte do elenco de "Beowulf", um filme sobre um herói escandinavo que matou um monstro, realizado por Robert Zemeckis, com Anthony Hopkins e John Malkovich, entre outros. Promete.

Música? Claro! Há sempre algo que merece destaque.
Dia 28, no Casino do Estoril, Ala dos Namorados. Às 23.30 horas.
Dia 23 de Novembro, no Pavilhão Atlântico, os Coldplay. Bilhetes já à venda.

E desporto? Por que não desbenfica? Que mania, caramba.
A Liga Betandwin começou bem para o Sportin (vitória 2-1 sobre o Belenenses) e assim assim para o Benfica (empate a zero frente à Académica). A saga continua hoje e amanhã.
A propósito de Betandwin (não confundir com Betadine), cheira-me a (mais um) negócio ardiloso de mestre Loureiro. Mas se está em vigor, é porque ninguém achou o acto ilegal. Apesar de haver muita gente a falar, a falar, a falar... e a não dizer nada. O costume. The Major Bet and Win. Go ahead!

All a bord? Let's go!

Hasta La Vista...

Comentários Alternativos - Haloscan:
|




sexta-feira, agosto 12, 2005 

MAL ME QUER BEM ME QUER...

Sexta feira de calor, fim de semana prolongado à vista, apetece desafiar os neurónios. Só para ver como estão eles. Funcionam? "Pifaram"? Vamos a ver, nas próximas linhas.

O jornal "24 Horas" de ontem dizia, em letras garrafais, que José Maria Martins, advogado que se tornou conhecido do povo pela defesa de "Bibi" no Caso Casa Pia, tinha sido apanhado a conduzir com excesso de álcool. Não me admirei. Afinal, um homem não é de ferro. Mais uma cervejola, a seguir outra e mais outra e pronto. Vem a BT, manda soprar que isto da impunidade não se aplica aqui e o Dr. Zé foi apanhado... com a boca no balão. Quem é que pode garantir que nunca cairá em tentação?
Hoje, o mesmo matutino, em letras igualmente garrafais, pede desculpa a José Maria Martins e não fez mais do que devia. É que quem tinha sido apanhado "com os copos" fôra um colega de profissão, António Pinto Leite de seu nome. Estranho, no mínimo. Confundir JMM com APL? As duas únicas coisas que têm em comum, que eu saiba, são o serem advogados e o estarem no Processo Casa Pia.
E então lá temos o Dr. Leite a contas com a justiça por causa do álcool. Que contraste!!! Risco calculado, presumo, pois toda a gente sabe que o leite nunca se mistura com o álcool... E quanto a valores, pois... 0,62. Nem mais nem menos.
Todos vamos perceber o causídico Pinto Leite. Porque o senhor anda preocupadíssimo com o seu cliente Luis Santos, preso na Venezuela em Outubro de 2004, co-piloto acusado pelas autoridades venezuelanas de participar num acto de tráfico de droga. O mesmo advogado que afirmou alto e bom som que só abandonaria a Venezuela quando o seu cliente saísse em liberdade. E o Luis Santos por lá continua, agora em prisão preventiva, mas com Pinto Leite em Portugal. Sempre.

Bono, esse mesmo, o lider dos U2, vai ser condecorado pelo estado português com a medalha da liberdade (é assim, não é?) O Dr. Jorge Sampaio aproveitará a presença do cantor em Portugal para, ele próprio, proceder à imposição da insígnia..
Será que o nosso PR não resiste e vai mesmo assistir ao concerto? Força Dr, mostre lá à malta que ainda está aí "para as curvas". E, se fôr caso disso cante, com eles, o "Miss Sarajevo".
By the way (a propósito): grande espectáculo dado ontem pelos U2 em Espanha!!! Arrepiante, mesmo. Se em Portugal fôr assim, meus caros, vale a pena.
O cenário, já se sabe, é o mesmo onde o Sporting Clube de Portugal perdeu com a Udinese. Mas como não há nada perfeito...

Impávido e não menos sereno, longe da confusão, continua o Engº José Socrates. Deixou o País entregue ao inefável e autêntico bombeiro para todo o serviço António Costa e férias são férias.
Bagão Félix já veio perguntar se tivesse sido Santana Lopes a ter estas férias de luxo (palavras dele) como era? Era bom, digo eu! Ou o estimado ex ministro do ex governo já se esqueceu do que fez um "seu" primeiro ministro (por coincidência chamava-se Santana Lopes) quando fez parar tudo para que o Algarve o recebesse numas férias tranquilas? Onde e quando até as obras em redor foram suspensas para que nao se registasse o mínimo incómodo?
Caro Sócrates, não ligue. Eles são uns invejosos e nem sequer percebem que a sua estadia no Quénia é por uma boa causa? Toda a gente sabe que a pensão onde o senhor se instalou não tem mais que uma estrela e é em noite de lua cheia... e que estava a precisar de clientes como um faminto de pão para a boca. Que maldicência, meu amigo. Nem sequer imaginam o esforço que você anda a fazer por todos nós, povo anónimo quando, em plenas férias, lê e relê os processos TGV e OTA. E que anda a matutar, permanentemente, nos hospitais que ainda não estão construídos. Caramba! A inveja é uma coisa lixada.

Já sei, pronto. E a conversa sobre os políticos/comentadores? Está a ser alinhavada (boa desculpa). Mas acreditem que não demora. Uma questão de pormenores.

Saúdo-vos com amizade e o meu habitual hasta la vista.

Comentários Alternativos - Haloscan:
|




sábado, agosto 06, 2005 

FÉRIAS E LÉRIAS

O País arde. Nunca ardeu tanto de uma só vez. A culpa, dizem, é dos altos valores da temperatura.
Faço uma visita mental ao passado recente e concluo que calor sempre houve mas nunca tantos incêndios. Qurerá isto dizer alguma coisa ou trata-se, tão só, de coincidência?
Com madeireiros pelo meio, negócios chorudos que aumentam de ano para ano, contratos com certas gentes que voam (€) muito para lá do que é razoável, incompetência a metro, promessas fachadas nas gavetas do poder, projectos que não passam disso e outras tantas razões mais ou menos obscuras, o que esperar?
Marques Mendes, líder do PSD, esteve no terreno a ver como é para contar como foi. Pelo caminho afirmou que o importante é ser solidário, sentir "in loco" o povo que cada vez mais se queima , deixando um claro recado ao Primeiro Ministro José Sócrates, nesta altura de férias fora de Portugal, numa clara demonstração de que se "está nas tintas" para o País real.
Mas Marques Mendes não tem grande margem para censura. O seu partido nada fez. E podia ter feito. Devia ter feito. De resto, muita gente devia ter feito. As autarquias não saem impunes. As autoridades idem.
Ainda há poucos dias, um responsável autárquico afirmava, de "peito feito", que o seu Concelho registava uma área ardida muito pequena, como que a demonstrar que a sua administração trabalhava em prol do mesmo. Logo a seguir, como que mandando calar tão ilustre autarca, dois grandes incêndios irrompiam, nesse Concelho onde realmente será difícil que o "verde" arda, porque "verde" para arder já pouco há e o que há é escrupulosamente guardado, vigiado, por se tratar de uma área protegida.
Os bombeiros são em quantidade insuficiente e são raras as corporações bem equipadas para este tipo de situações. Para além do eterno problema do voluntariado. Mesmo assim, há que tirar o chapéu aos soldados da paz. Fazem o que podem e, muitas vezes o que não podem.
E a prevenção? Com culpas sacadas a vários níveis. A prevenção não se faz. Ninguém limpa nada. Ninguém fiscaliza nada. A construção desordenada (é tão bom viver no campo) não ajuda. E quem permite este tipo de construção?
Que conclusões tirar de tudo isto?
Já sei! Vai constituir-se mais uma comissão. Que vai trabalhar num faustoso gabinete. Com muitos gráficos e estatísticas. Com doutores e engenheiros, claro. A pensar em 2006? Será? A ver vamos, como diz o cego.

Para amenizar o ambiente queria recomendar, principalmente aos fãs de Bono, que acaba de ser editado um livro sobre a sua vida.
Com os U2 a esgotar Alvalade para um concerto a não perder. Dia 14 deste tórrido mês de Agosto.

Por falar em tórrido, registe-se a probabilidade de uma descida de temperatura já a partir de 4ª feira. A confirmarem-se as previsões, deveremos ter o tal concerto com casa cheia sim, mas com muito menos calor.

E ainda com as mãos na música, permitam-me que sugira os grandes concertos Du Arte Garden, no Casino Estoril. Em Agosto e Setembro, sempre às 5ªs feiras, pelas 23.30 horas, Luis Represas, Delfins, Fingertips, The Gift, Jorge Palma, Santos & Pecadores, Maria João & Mário Laginha, Vitorino, Mafalda Veiga, por esta ordem.
As noites Du Arte Garden, sempre em grande.

Um bom fim de semana. Boas férias, para que for caso disso.
E, se a vossa praia fôr a Costa de Caparica, já sabem que durante alguns dias não vão poder tomar banho, entre as praias de S. João e a da Rainha.
Agradeçam à mancha puluente causada por algas estranhas.

Hasta la Vista.

Comentários Alternativos - Haloscan:
|




terça-feira, agosto 02, 2005 

ASSUNTOS PARA MEMÓRIA FUTURA

Este "post" é dedicado a todos os que o lerem. Porque sim. Estou bem humorado e mais humanista que nunca. Já vão ver. Se não perceberem alguma coisa, não hesitem. Releiam. E não se preocupem com o "sitemeter". Combinado?

Estou feliz. "Deu à luz" o UB 313. Isto dito assim, parece o anúncio do nascimento de mais um partido político. Nada disso. Há dois anos, astrónomos norte-americanos detectaram um novo planeta no sistema solar. Não tiveram dúvida, na altura, de que se tratava de um planeta. Mas esta coisa não é assim tão linear. E foram precisos dois anos, mais coisa menos coisa, para a NASA confirmar a imagem como sendo, efectivamente, o 10º planeta do sistema. Não se assustem que não se trata do sistema muito divulgado pelo senhor Dias da Cunha, digníssimo presidente sofredor do Sporting. Não senhor. Trata-se do sistema solar. E que nome melhor para lhe dar senão UB 313?!
Estou mesmo a ouvir os camaradas planetas a chamarem o mais jovem... " oh UB 313 anda cá, pá, vai uma "bjeca", uns tremoços, ahn?"
Dois dias depois os norte-americanos anunciaram que iam mandar um mecânico ao ar. Um tal especialista que irá consertar qualquer coisa em pleno voo, a não sei quantos milhões de kms cá do velho planeta. Estes americanos do norte são mesmo uns gajos do caraças. Ar é com eles. Quanto mais ar melhor. Sim porque cá em baixo a coisa tá preta. O FBI e a CIA não querem nada com o ar, vai daí, lá em cima, longe dos olhares policiais/informativos... tá-se bem.
E ao que parece a Al Qaeda não está para aí virada. Por enquanto.

Não sei o que me aconteceu mas, depois do jantar do "Fraternidade", só me apetece comer porco com castanhas. Não tanto pelo porco, mas mais pelas castanhas. Pode ser uma tara, sei lá, ou desvio de origem sexual, nunca fiando.
Peço encarecidamente a quem souber dar-me uma explicação sobre isto que me deixe um comentário. Oh faxavor, vocês não se inibam. Certo?

Eu sei que prometi falar aqui dos políticos/comentadores da RTP. Pois bem. Dado tratar-se de um assunto que deixou alguma expectativa, lá para o fim desta semana, temos Marcelo Rebelo de Sousa e António Vitorino aqui. Não eles próprios (o "cachet" pedido é incomportável) mas o que eu penso das suas prestações televisivas. Sempre ouvi dizer que se deve cumprir o que se promete e, como não sou político, vou mesmo cumprir.

Aí está o calor de volta com o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil a emitir comunicados que nos levam a gestos preventivos como, por exemplo, não fazer lume nas matas (ainda há algumas?) e ter atenção às informações que nos irão ser dadas pelas entidades competentes.
Façam como eu. Leiam os comunicados como o que foi hoje divulgado pelo Serviço Municipal de Protecção Civil do meu Concelho. Um mimo! Com erros ortográficos e tudo, consegui perceber que sexta feira será o dia de maior aperto abrasador com as temperaturas máximas na ordem dos 39 graus.
Mas não é isto normal para esta época do ano? Ou temos aqui uma típica situação do "gato escaldado de água fria tem medo"? Ou ainda, se quisermos, um "depois de casa arrombada trancas na porta"?
Ah! Almada gaba-se de ter, de ano para ano, uma menor quantidade de incêndios e uma menor área de mata ardida. Pois... o cimento não arde, pois não?

Uma palavra de apreço para a coragem de Cinha Jardim. Finalmente explica ao povo a razão de ser tão... como dizer... tão desinteressante.
Pior que Cinha Jardim só Lili Caneças. Ou... o Conde, him self.

E por hoje chega. Cá está! A aproximar-se a hora de jantar e só me apetece porco com castanhas. Pode ser?

Hasta la vista.


Comentários Alternativos - Haloscan:
|